Foto:  © Marcia Gamma / HiperFashion Estúdio Criativo

Foto: © Marcia Gamma / HiperFashion Estúdio Criativo

Entre os dias quatro de maio e três de junho o Espaço Moda do Futuro em São Paulo, SP, apresentará ao público a I Mostra Nacional do Coletivo Brasil, com curadora da jornalista e consultora de moda Danielle Ferraz, proprietária do local. Serão expostos roupas e acessórios modernos e cheios de estilo desenvolvidos de forma sustentável, que também serão comercializados. “O Brasil é um celeiro de criadores sustentáveis – muitos deles celebrados fora do país; desmitificar o conceito de moda sustentável e torná-la mais acessível é um dos nossos objetivos com a Mostra”, conta Danielle, que desde 2003 realiza ações com esse viés.

O Coletivo Brasil, idealizado pela designer de biojóias alagoana Patrícia Moura, surgiu com o objetivo de agregar e promover designers e estilistas de todo o país que  têm na base do seu trabalho a sustentabilidade. Hoje são 22 marcas que, além do compromisso socioambiental, fazem uma moda globalizada e com muita qualidade.  “A sustentabilidade é um tema muito novo, e a ideia é popularizar, familiarizar a sociedade e, dessa forma, contribuir para transformar o comportamento através do conhecimento”, diz a designer.

As marcas participantes do evento serão: Patrícia Moura Biojóias, de acessórios naturais desenvolvidos com compromisso socioambiental; Prazeres Accioly, que trabalha materiais naturais em tear manual; Será o Benedito, marca de moda que se utiliza de materiais inusitados como lona usada de caminhão, papel de vedação para construção civil e couro vegetal, entre outros; Maria Ribeiro, que desenvolve lindos acessórios a partir de arame, latão e fios; Tiê Moda Ecológica, que fabrica e comercializa roupas e acessórios de materiais sustentáveis e reciclados; 2Primas, marca que desenvolve uma moda contemporânea através dentro de processos sustentáveis;Tiana Santos, que faz belos acessórios a partir da reutilização de PET; Brilac, de bolsas e acessórios feitos com lacres de alumínio; Heliconia, especializada em sapatos sofisticados feitos com resíduos de couro de peixes como a tilápia; Mãos da Terra, de acessórios artesanais obtidos de sementes, palha misturados a modernidade do metal; Coisas de Maria, de bijuterias que misturam resíduos, como retalho de algodão a matérias primas rústicas e sofisticadas; Jóias do Pantanal, de biojóias, que trabalha sobretudo com a reutilização dos resíduos dos chifres bovinos; e JS Design Sustentável, que utiliza técnica de reutilização de papel no desenvolvimento de acessórios modernos e arrojados. Participarão também o Instituto Ecotece, ONG que promove o vestir consciente e as comunidades “apadrinhadas” pelo Coletivo Brasil, o grupo pernambucano Bio Artes e Mulheres de Fibra, de Trindade.

O evento – que terá abertura com coquetel no dia 3 de maio – contará com decoração sustentável, assinada por Letícia Alencar e uma exposição de um editorial de moda realizado por Márcia Gamma, do Hiperfashion Estúdio Criativo, com peças das marcas participantes.

De acordo com Danielle, o Espaço Moda do Futuro já nasceu com a missão de divulgar criações desenvolvidas sob o selo da sustentabilidade. “Há produtos maravilhosos, sofisticados e cheios de estilo que foram elaborados sob esses preceitos”, justifica. “Assim, nada mais natural do que realizar esse tipo de mostra no local”, conclui. Vale lembrar que no ano de 2011 o Espaço Moda do Futuro abrigou a I Mostra de ModaEco Pernambucana, que foi um sucesso!

I Mostra Nacional Coletivo Brasil
I Mostra Nacional Coletivo Brasil

FOTOS: MARCIA GAMMA @HIPERFASHION
BELEZA: LARISSA BONINI
STYLING: DANIELLE FERRAZ
MODELO: ISABELLA FOCHESATTO (WAY)

…………………………………………………………………

I Mostra Nacional do Coletivo Brasil
Data: de 03 de maio a 03 de junho de 2012
Local: Espaço Moda do Futuro
Rua Morais de Barros, 452, Campo Belo, SP- Fone: (11) 5548-4141.
Horário: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h30.
Sábados: das 9h30 às 14h.
www.danielleferraz.com
http://modadofuturo.com



COMENTÁRIOS

NOME*
E-MAIL* (Não será publicado)

  1. José Leite disse:

    Tenho uma web shop em Portugal que faz tudo com pura lã .. sapatos outros acessórios ..será que dá para criar uma rede de artesãos… com troca de lojas e produtos e blogs? Muito Obrigado zé

  2. Sonia Felipe disse:

    Sou artista plastica ,e trabalho com roupas e acessorios pintados a mão.
    Minha proposta é(INCLUSÃO PRODUTIVA)divulgar e ensinar pessoas que estão excluidas do mercado,por falta de oportunidade.Sou voluntaria de Ongs,onde ensino pintar em seda em algodão,reaproveitamento de tecidos onde confeccionamos bolsas e moda praia.Gostaria de estar mostrando o nosso trabalho,para poder trabalhar com mais materiais sustentaveis.Para isso gostaria de ir nao dia 3 com alguns alunos. Para isso gostaria de saber se precisa de convites?Vou estar no Bazar do Bem no Club Pinheiros.Grata- Sonia Felipe